jusbrasil.com.br
22 de Setembro de 2021

Funcionários não podem sofrer desconto nas comissões por cancelamento de serviços vendidos

Sérgio Merola, Advogado
Publicado por Sérgio Merola
há 5 anos

Olá, meus amigos! Tudo bem?

Hoje vamos falar de uma decisão bem interessante envolvendo o estorno de comissões de vendedores da Claro, que foi baseada na alteridade. Mas vocês sabem o que é a alteridade?

A alteridade é a assunção do risco do negócio, exclusivamente, pelo empregador, não podendo esse risco ser repassado ao empregado. Em outra vertente, o empregador não pode condicionar a remuneração mínima do empregado a uma margem de lucro da empresa.

No caso da Claro (processo nº 0007068-37.2015.5.15.0000), os vendedores estavam sofrendo estorno nas remunerações variáveis das vendas que faziam de linhas telefônicas e internet, caso o cliente fizesse o cancelamento em até 3 meses da ativação do serviço, ou se ficasse inadimplente durante esse mesmo período, e isso é vedado pela CLT, pois o risco do negócio é do empregador. Vejam o que fala o art. da CLT:

Art. 2º - Considera-se empregador a empresa, individual ou coletiva, que, assumindo os riscos da atividade econômica, admite, assalaria e dirige a prestação pessoal de serviço.

Mas, cuidado, pessoal! Isso não quer dizer que os funcionários devem sempre receber remunerações variáveis com valores sempre crescentes. Nada disso! O que não pode é ocorrer o estorno das comissões por conta de inadimplência ou cancelamento do serviço por parte do cliente da empresa, pois isso é repassar o risco do negócio ao empregador.

De acordo com o TRT da 15ª região, “a utilização desta variável como redutor da remuneração representa em uma forma de estorno, o que afronta o artigo , inciso VI, da CF, diante da ofensa ao princípio da irredutibilidade salarial”.

Portanto, não se esqueçam: o risco do negócio é do empregador, e não pode ser repassado ao funcionário, ok?

Não deixem de acompanhar meu Facebook. Lá eu posto notícias, artigos e vídeos diariamente.

https://www.facebook.com/sergiomerola.advogado/

Então, até a próxima!

Sérgio Merola

1 Comentário

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

bom dia..]

é mais uma duvida!!!

todos os riscos da atividade econômica são de responsabilidade do empregador.....sem exceção?? continuar lendo